WLSA WLSA WLSA WLSA WLSA WLSA WLSA

As fotos no cabeçalho são
da autoria do CDFF 

Eventos

Mês da mulher 2020:

Debate, workshop, feira, música, desporto, cinema, exposição, poesia, teatro, dança e muito mais

Programa do Mês da Mulher 2020

Campeonato de futebol:

“Unidos Contra a Violência Sexual”

Vamos falar de aborto!

(mesa redonda)

Mulheres Jovens sob Ataque (debate)

V Conferência Nacional da Rapariga

Marcha pela liberdade de expressão

Liberdade de Expressão

Marcha por Gilles Cistac

Marcha Gilles Sistac

Marcha pela igualdade

Marcha2014_left

Contra violação dos direitos humanos no Código Penal

Diganao2

Concurso de fotografia

Vencedores da 2ª edição

Concurso2_Fotografia3

Marcha pela paz

manifesto_sq

Desfile do 1º de Maio

1maio07_peq

DSR_small
Prémio da Rede de Defesa dos Direitos Sexuais e Reprodutivos 2012

Anúncio dos vencedores

Marcha de Solidariedade

Marcha02_small

Fotos da Marcha de Solidariedade dos Povos da SADC (2012)

Multimedia

Não é fácil ser mulher ...

naoehfacil_peq

... em Moçambique

Aborto. Pense nisso...

Aborto_small

(Material usado em acções de formação da WLSA)

Perigo de morte!

perigo_de_morte3

O aborto ilegal em Moçambique

Quem vai querer dar a luz aqui?

Fatima

O estado em que se encontram alguns dos postos de saúde em Cabo Delgado

"Alzira"

Alzira_small

Filme produzido pela WLSA Moçambique sobre sobre uma jovem que, até há pouco tempo, vivia com fístula obstétrica.

"Omitidas"

Brochura elaborada pela WLSA Moçambique sobre o problema da fístula obstétrica - um drama que atinge cerca de 100.000 mulheres em Moçambique.

Omitidas

Clique aqui para descarregar a brochura (em PDF)

Leia mais sobre fístula obstétrica

Contra a violência de género

Jogos05_small

A sociedade civil manifestou-se na inauguração dos X Jogos Africanos

 

Revista de Imprensa

Canal de Moçambique

Foram encontrados 14 resultados com esta fonte.

Sociedade Civil apela ao governo da cidade de Maputo para protecção dos direitos humanos das mulheres e raparigas

29/01/2020 -

Entre 2018 e 2019, a WLSA Moçambique, em parceria com a Associação Sócio Cultural Horizonte Azul e a Kutenga, com apoio da Fundação MASC, implementaram na cidade de Maputo, no bairro Polana Caniço, um projecto denominado” Maputo Cidade Segura Livre de violência Sexual contra Mulheres e Raparigas”. Esta iniciativa surge em resposta aos vários casos de violência sexual que tem sido registados nos últimos anos no país e no mundo, e que dada a forma como são percebidos e tratados, tem chamado à atenção da sociedade. Com o objectivo de melhorar a compressão deste fenómeno bem como os mecanismo de resposta as vitimas deste fenómeno bem como os mecanismo de resposta as vitimas deste tipo de crime, realizou – se no dia 24 de Setembro de 2019, no Hotel Radisson, cidade de Maputo, a Conferencia Distrital de Repúdio à violência Sexual praticada contra a Mulher e Rapariga. Desta sessão saiu uma carta dirigida ao Município de Maputo visando chamar a atenção da edilidade para o problema da segurança na Cidade e como esta tem afectado Mulher e Rapariga.

MISA diz que Alice Tomás está em manobra dilatória

15/05/2019 -

Alice Tomás, deputada do partido Frelimo, que propôs que Fátima Mimbire, funcionária do Centro de Integridade Pública, fosse violada sexualmente, veio a público, através de alguns órgãos de comunicação social, justificar- se, afirmando que a sua página no Facebook, através
da qual fez a declaração, foi atacada. Esta é uma estratégia de fuga que o “Canal de Moçambique” já havia referido que seria utilizada.

Segunda campanha “Eu não pago as dívidas ocultas”

15/05/2019 -

Cerca de quatro meses após o Centro de Integridade Pública ter lançado a campanha contra as “dívidas odiosas”, teve início, na quinta-feira, a segunda fase da mesma campanha, com o lema “Eu não pago dívidas ocultas – nem com o gás”, visando mobilizar os cidadãos para se oporem
ao pagamento de todas as dívidas contraídas pelas empresas EMATUM, MAM e “Proindicus” e ao uso do gás doméstico da Bacia do Rovuma como garantia de pagamento das dívidas.

CIP exige perda de mandato da deputada Alice Tomás

15/05/2019 -

O Centro de Integridade Pública diz que não basta o partido Frelimo repudiar os actos da sua colega da bancada parlamentar, Alice Tomás, que escreveu, na rede social Facebook, que Fátima Mimbire merece ser violada por dez homens e depois ser abandonada, porque, alegadamente, os seus comentários são veneno para o povo moçambicano.

Governo anuncia queda nas receitas da indústria extractiva

17/05/2016 -

O Governo anunciou ontem a queda das receitas fiscais resultantes da exportação de gás natural e condensado, em produção nas regiões de Pande e Temane. As receitas resultantes do pagamento  do IRPS  diminuíram de 10%, em 2013, para cerca de 7%, em 2014,verifica-se o mesmo comportamento relativas ao IRPC, ao descer de 28% para quase 19% no período acima referido. A  queda dos preços das mercadorias no mercado internacional tornou-se acentuada desde 2014, quando o preço do ferro caiu 50%, o preço do carvão caiu 26% e o do cobre caiu 11%.

 

Revista de Imprensa

Pesquisa

Fontes

Mulher e Lei na África Austral - Moçambique