WLSA WLSA WLSA WLSA WLSA WLSA WLSA

As fotos no cabeçalho são
da autoria do CDFF 

Eventos

Mulheres Jovens sob Ataque (debate):

V Conferência Nacional da Rapariga:

Marcha pela liberdade de expressão:

Liberdade de Expressão

Marcha por Gilles Cistac:

Marcha Gilles Sistac

Marcha pela igualdade

Marcha2014_left

Contra violação dos direitos humanos no Código Penal

Diganao2

Concurso de fotografia

Vencedores da 2ª edição

Concurso2_Fotografia3

Marcha pela paz

manifesto_sq

Desfile do 1º de Maio

1maio07_peq

DSR_small
Prémio da Rede de Defesa dos Direitos Sexuais e Reprodutivos 2012

Anúncio dos vencedores

Marcha de Solidariedade

Marcha02_small

Fotos da Marcha de Solidariedade dos Povos da SADC (2012)

Multimedia

Não é fácil ser mulher ...

naoehfacil_peq

... em Moçambique

Aborto. Pense nisso...

Aborto_small

(Material usado em acções de formação da WLSA)

Perigo de morte!

perigo_de_morte3

O aborto ilegal em Moçambique

Quem vai querer dar a luz aqui?

Fatima

O estado em que se encontram alguns dos postos de saúde em Cabo Delgado

"Alzira"

Alzira_small

Filme produzido pela WLSA Moçambique sobre sobre uma jovem que, até há pouco tempo, vivia com fístula obstétrica.

"Omitidas"

Brochura elaborada pela WLSA Moçambique sobre o problema da fístula obstétrica - um drama que atinge cerca de 100.000 mulheres em Moçambique.

Omitidas

Clique aqui para descarregar a brochura (em PDF)

Leia mais sobre fístula obstétrica

Contra a violência de género

Jogos05_small

A sociedade civil manifestou-se na inauguração dos X Jogos Africanos

Vovós acusadas de feiticeiras:

Nely_peq

Revista de Imprensa

Vertical

Foram encontrados 4 resultados com esta fonte.

Suécia apoia o aborto seguro em Moçambique: Mais mulheres e raparigas terão acesso aos serviço de prestação de aborto seguro em Moçambique

02/03/2017 -

No âmbito da implementação da Lei de Acesso ao Aborto Seguro aprovada pelo Parlamento em 2014. A Suécia e o Ipas iniciaram  uma colaboração que visa expandir o acesso das mulheres e raparigas aos serviços de aborto seguro e contracepção em Moçambique. O programa vai trabalhar no sentido de aumentar o conhecimento, as oportunidades e a capacidade das mulheres e raparigas para que tomem decisões informadas e seguras em relação ao aborto, cuidados e meios contraceptivos.

SOCIEDADE CIVIL MOÇAMBICANA CLAMA: “Pelo Direito à Esperança”

16/06/2016 -

– “Nós, como organizações da sociedade civil, organizamos os cidadãos para expressarmos o que gostamos e o que não gostamos, desde que a manifestação dessa expressão seja de uma maneira pacífica, ordeira, sem insultos e sem destruição, para que quem está no poder veja qual é a satisfação e insatisfação dos cidadãos. O mundo todo está preparado. Depois de receber ameaças – tenho mecanismos de accionar o alerta fora, informei ao mundo para que tivesse conhecimento que fui ameaçada”,

Maria Alice Mabota, Presidente da Liga Moçambicana dos Direitos Humanos

Revista de Imprensa

Pesquisa

Fontes

Mulher e Lei na África Austral - Moçambique