WLSA WLSA WLSA WLSA WLSA WLSA WLSA

As fotos no cabeçalho são
da autoria do CDFF 

Eventos

Mulheres Jovens sob Ataque (debate):

V Conferência Nacional da Rapariga:

Marcha pela liberdade de expressão:

Liberdade de Expressão

Marcha por Gilles Cistac:

Marcha Gilles Sistac

Marcha pela igualdade

Marcha2014_left

Contra violação dos direitos humanos no Código Penal

Diganao2

Concurso de fotografia

Vencedores da 2ª edição

Concurso2_Fotografia3

Marcha pela paz

manifesto_sq

Desfile do 1º de Maio

1maio07_peq

DSR_small
Prémio da Rede de Defesa dos Direitos Sexuais e Reprodutivos 2012

Anúncio dos vencedores

Marcha de Solidariedade

Marcha02_small

Fotos da Marcha de Solidariedade dos Povos da SADC (2012)

Multimedia

Não é fácil ser mulher ...

naoehfacil_peq

... em Moçambique

Aborto. Pense nisso...

Aborto_small

(Material usado em acções de formação da WLSA)

Perigo de morte!

perigo_de_morte3

O aborto ilegal em Moçambique

Quem vai querer dar a luz aqui?

Fatima

O estado em que se encontram alguns dos postos de saúde em Cabo Delgado

"Alzira"

Alzira_small

Filme produzido pela WLSA Moçambique sobre sobre uma jovem que, até há pouco tempo, vivia com fístula obstétrica.

"Omitidas"

Brochura elaborada pela WLSA Moçambique sobre o problema da fístula obstétrica - um drama que atinge cerca de 100.000 mulheres em Moçambique.

Omitidas

Clique aqui para descarregar a brochura (em PDF)

Leia mais sobre fístula obstétrica

Contra a violência de género

Jogos05_small

A sociedade civil manifestou-se na inauguração dos X Jogos Africanos

Vovós acusadas de feiticeiras:

Nely_peq

Vamos falar de aborto!

Rede DSR organiza Mesa Redonda sobre a saúde das mulheres - 27 de Junho

O despacho nº 39 foi revogado. E depois?

Estudo sobre barreiras e facilitadores ao aborto seguro

CEDAW – 22 anos de entrada em vigor em Moçambique

Postal 28 de Maio 2019

Organizações de luta pelos direitos humanos repudiam a deputada que ameaça com violação em grupo uma activista

MISA posiciona-se face ao ataque de deputada contra activista

Factos sobre o Impacto das Práticas Extractivas

com ênfase nos direitos das mulheres

A WLSA apresenta o seu Relatório Anual de 2018

Campanha CEDAW - 8 de Março a 7 de Abril

Lançado novo livro "Silenciando a discriminação"

Silenciando a Discriminação

O impacto da Base logística de Pemba sobre as comunidades

Corporações económicas e expropriação - resumo do livro

Pesquisa realizada em 2016 sobre os efeitos da indústria mineira nas comunidades reassentadas em Moatize, em especial mulheres e raparigas.    

Breves

Organizações repudiam insultos do Sr. Mabunda contra Alice Mabota

Desenho de Malangatane
28
Fev
2009

No dia 6 de Fevereiro, o Sr. Lázaro Mabunda, reagindo a uma entrevista de Alice Mabota, passada na televisão (STV), onde ela se pronunciava desfavoravelmente ao seu texto de opinião (já comentado nesta rubrica) em que atacava a proposta de lei contra a violência doméstica e as organizações que a propõem, escreveu uma nota (ver aqui) a todos os títulos indigna de quem se pretende cidadão respeitador dos valores da democracia e jornalista.

Reagindo a isso, várias organizações de direitos humanos pronunciaram-se e a nota que se segue foi publicada no próprio semanário O País.

Leia mais…

Essas gajas são humanas, Ta Basily!

Desenho de Malangatane
18
Fev
2009

OPINIÃO

O artigo insultuoso que o Sr. Mabunda publicou no dia 30 de Janeiro não suscitou apenas uma reação das organizações de mulheres. No dia 12 de Fevereiro o jornal “O País” publicou na “Página do leitor” o artigo que reproduzimos aqui.

Leia mais…

Insultos e investidas contra os direitos humanos das mulheres

Desenho de Malangatane
10
Fev
2009

Direito a Resposta, publicado no jornal “O País” em 9 de Fevereiro de 2009

O Sr. Lázaro Mabunda surpreendeu-nos, mais uma vez, com um artigo de opinião repleto de insultos, de ignorância e de desrespeito aos direitos humanos. O Movimento Pela Aprovação da Lei Contra a Violência Doméstica e a Liga dos Direitos Humanos reagiram; o texto que segue foi publicado no jornal “O País” no dia 9 de Fevereiro.

Leia mais…

Denúncia urgente: homicídio impune na Manhiça

Desenho de Malangatane
30
Ago
2008

por: WLSA Moçambique

Publicado em “Outras Vozes”, nº 23, Maio de 2008

Folheando o semanário Magazine Independente do dia 5 de Março do corrente ano, era possível tomar conhecimento de um episódio violento sucedido no posto administrativo de 3 de Fevereiro, Xinavane, distrito da Manhiça.

Leia mais…

O que é que uma lei contra a Violência Doméstica deve garantir

Desenho de Malangatane
27
Mar
2008

Comunicado

Publicado no jornal Savana no mês de Dezembro de 2007

Antes de mais, recordemo-nos para que é que servem as leis. Desde sempre, ao longo dos tempos, a história das leis é também a história dos direitos humanos, porque a função de uma lei é exactamente de garantir direitos. E os processos através dos quais se outorgam direitos são protagonizados por grupos de pessoas que se consideram excluídos e que lutam para verem reconhecidas as suas reivindicações.

Leia mais…

Pesquisa

Novidades

Campanha CEDAW

WLSA oferece: papel de parede para computadores

Papel de parede

Lançada Agenda Mulher 2019

Lançamento Agenda Mulher 2019

Novos livros

Silenciando a discriminação

Capa do livro

Corporações económicas e expropriação

Capa do livro  

Chega! - Junt@s Podemos Acabar com a Violência contra Mulheres e Raparigas

Convite para campanha contra a violência sexual

Campanha UDHINDO:

setacinza Moatize: Sociedade Civil lança campanha pelos direitos humanos e meio ambiente

setacinza Manifesto da Campanha

setacinza Comunicado de Imprensa


A repressão policial das feministas e a expulsão de Eva Moreno


Cartazes sobre o Código Penal

Cartaz contra o Artigo 46 do Código Penal  

Tiras da Feminista Durona

A Feminista Durona

setacinza Veja todas as tiras da Feminista Durona


Artigos adicionados recentemente


WLSA / @ Verdade:

Acompanhe a distribuição do jornal A Verdade nos subúrbios de Maputo setacinzaReportagens e artigos da WLSA em parceria com o jornal @ Verdade.

Todas as matérias


A revisão do Código Penal deve respeitar os direitos humanos das mulheres

Clique aqui para ver alguns vídeos sobre a violação sexual de menores e a violação no casamento - dois crimes contra os quais o Código Penal revisto não protege cabalmente.

setacinza Em defesa da paz: organizações de mulheres escrevem ao Presidente da República e ao Presidente da Renamo


setacinza Mulheres corajosas

Viagem no mundo das fístulas vesico-vaginais Um depoimento apaixonado e emocionante de um cirurgião que dedicou a sua vida a salvar mulheres que vivem com fístula obstétrica, uma condição incapacitante e que leva à discriminação e ao isolamento social.

Conferência Nacional sobre Violência de Género

Cartaz da Conferência Nacional sobre a Violência de Género
Maputo, 28 a 29 de Novembro 2012

setacinza Apresentações e discussões

setacinza Comunicado final

setacinza Fotos da Conferência

setacinza Documento da Conferência

setacinza Programa da Conferência


Entrega do Prémio da Rede de Defesa dos Direitos Sexuais e Reprodutivos 2012

setacinza Veja o anúncio dos vencedores
Graça Machel, Presidente da Fundação para o Desenvolvimento da Comunidade, posicionou-se sobre a revisão do Código Penal, subscrevendo as demandas da sociedade civil. Veja as cartas que ela endereçou a diversas personalidades da Assembleia da República.

Revisão do Código Penal

Direitos iguais no Código PenalA Assembleia da República (AR) está a preparar uma revisão do Código Penal, que data de 1886.

setacinza Nota ao Parlamento

Preocupado com o rumo que está a tomar a revisão do Código Penal, um grupo de organizações da Sociedade Civil diriguiu uma nota à AR. setacinza Carta da Rede de Defesa dos Direitos Sexuais e Reprodutivos
Logo da Rede DSR

Factsheet

Informação sobre os Direitos Sexuais e Reprodutivos das mulheres em Moçambique, recolhida pela Rede de Defesa dos Direitos Sexuais e Reprodutivos

A Voz de America sobre o caso de violação colectiva em Pemba:

Escute o texto do artigo em português

Os "talibans" de Moçambique...

A violação de uma mulher por 17 homens é justificada em nome do respeito pela tradição...
Clique aqui para ler os artigos já publicados pela WLSA Moçambique.
Mulher e Lei na África Austral - Moçambique