WLSA WLSA WLSA WLSA WLSA WLSA WLSA

As fotos no cabeçalho são
da autoria do CDFF 

Eventos

Campeonato de futebol:

“Unidos Contra a Violência Sexual”

Vamos falar de aborto!

(mesa redonda)

Mulheres Jovens sob Ataque (debate)

V Conferência Nacional da Rapariga

Marcha pela liberdade de expressão

Liberdade de Expressão

Marcha por Gilles Cistac

Marcha Gilles Sistac

Marcha pela igualdade

Marcha2014_left

Contra violação dos direitos humanos no Código Penal

Diganao2

Concurso de fotografia

Vencedores da 2ª edição

Concurso2_Fotografia3

Marcha pela paz

manifesto_sq

Desfile do 1º de Maio

1maio07_peq

DSR_small
Prémio da Rede de Defesa dos Direitos Sexuais e Reprodutivos 2012

Anúncio dos vencedores

Marcha de Solidariedade

Marcha02_small

Fotos da Marcha de Solidariedade dos Povos da SADC (2012)

Multimedia

Não é fácil ser mulher ...

naoehfacil_peq

... em Moçambique

Aborto. Pense nisso...

Aborto_small

(Material usado em acções de formação da WLSA)

Perigo de morte!

perigo_de_morte3

O aborto ilegal em Moçambique

Quem vai querer dar a luz aqui?

Fatima

O estado em que se encontram alguns dos postos de saúde em Cabo Delgado

"Alzira"

Alzira_small

Filme produzido pela WLSA Moçambique sobre sobre uma jovem que, até há pouco tempo, vivia com fístula obstétrica.

"Omitidas"

Brochura elaborada pela WLSA Moçambique sobre o problema da fístula obstétrica - um drama que atinge cerca de 100.000 mulheres em Moçambique.

Omitidas

Clique aqui para descarregar a brochura (em PDF)

Leia mais sobre fístula obstétrica

Contra a violência de género

Jogos05_small

A sociedade civil manifestou-se na inauguração dos X Jogos Africanos

Vovós acusadas de feiticeiras:

Nely_peq

Revista de Imprensa

Lista completa: 2574 recortes.

À MULHER MOÇAMBICANA: Isaura Nyusi apela à adesão ao rastreio precoce do cancro

09/03/2016 - - PDF

Isaura Nyusi deslocou-se a  penitenciária para junto das mulheres que cumprem pena  celebrar o Dia Internacional da Mulher,   8 de Março de cada ano. E como apelo deixa ” aderir ao rastreio precoce de todo o tipo de cancro” sendo duas patologias mais comuns na mulher moçambicana, constituem ainda principais desafios da mulher na actualidade. Os desafios estendem-se ainda ao empoderamento da mulher, planeamento familiar e ao combate do HIV/Sida.

 

 

 

MINISTRA CIDÁLIA CHAÚQUE LANÇA O REPTO: Fortalecer protecção da mulher e criança

08/03/2016 - - PDF

Reduzir os índices de violência baseada no género e os casamentos prematuros e garantir o empoderamento económico da mulher, são alguns dos desafios que o país precisa superar nos próximos tempos, segundo posição defendida ontem pela ministra do Género, Criança e Acção Social, Cidália Chaúque, no lançamento do Estudo Preliminar sobre a Situação da Mulher e Raparigas em Moçambique.

Revista de Imprensa

Pesquisa

Fontes

Mulher e Lei na África Austral - Moçambique