WLSA WLSA WLSA WLSA WLSA WLSA WLSA

As fotos no cabeçalho são
da autoria do CDFF 

Eventos

16 Dias de Activismo Contra a Violência de Género 2020:

Mês da mulher 2020:

Debate, workshop, feira, música, desporto, cinema, exposição, poesia, teatro, dança e muito mais

Programa do Mês da Mulher 2020

Campeonato de futebol:

“Unidos Contra a Violência Sexual”

Vamos falar de aborto!

(mesa redonda)

Mulheres Jovens sob Ataque (debate)

V Conferência Nacional da Rapariga

Marcha pela liberdade de expressão

Liberdade de Expressão

Marcha por Gilles Cistac

Marcha Gilles Sistac

Marcha pela igualdade

Marcha2014_left

Contra violação dos direitos humanos no Código Penal

Diganao2

Concurso de fotografia

Vencedores da 2ª edição

Concurso2_Fotografia3

Marcha pela paz

manifesto_sq

Desfile do 1º de Maio

1maio07_peq

DSR_small
Prémio da Rede de Defesa dos Direitos Sexuais e Reprodutivos 2012

Anúncio dos vencedores

Marcha de Solidariedade

Marcha02_small

Fotos da Marcha de Solidariedade dos Povos da SADC (2012)

Multimedia

Não é fácil ser mulher ...

naoehfacil_peq

... em Moçambique

Aborto. Pense nisso...

Aborto_small

(Material usado em acções de formação da WLSA)

Quem vai querer dar a luz aqui?

Fatima

O estado em que se encontram alguns dos postos de saúde em Cabo Delgado

"Alzira"

Alzira_small

Filme produzido pela WLSA Moçambique sobre sobre uma jovem que, até há pouco tempo, vivia com fístula obstétrica.

"Omitidas"

Brochura elaborada pela WLSA Moçambique sobre o problema da fístula obstétrica - um drama que atinge cerca de 100.000 mulheres em Moçambique.

Omitidas

Clique aqui para descarregar a brochura (em PDF)

Leia mais sobre fístula obstétrica

Contra a violência de género

Jogos05_small

A sociedade civil manifestou-se na inauguração dos X Jogos Africanos

 

Revista de Imprensa

Jornal Notícias Imprensa

Foram encontrados 1290 resultados com esta fonte.

Lançada campanha contra violência de género

25/11/2021 -

A Ministra do Género, Criança e Acção Social, Nyelete Mondlane, Lança no distrito de Magude, província de Maputo, a campanha dos 16 dias de activismo sobre a violência praticada contra a mulher e rapariga, que este ano decorre sob o lema” Pinta o Mundo de Laranja: Pare a Violência contra Mulheres e Raparigas”. O evento vai decorrer de 25 de Novembro à 10 de Dezembro e contempla palestras e debates sobre temas para a consciencialização da sociedade sobre a matéria.

Violou duas menores e apanhou 20 anos de prisão

24/11/2021 -

A Sexta Secção do Tribunal Judicial da Província de Nampula condenou esta semana um cidadão identificado por P. Bacar, de 50 anos de idade, a uma pena de 20 anos de prisão maior por ter cometido o crime de violação sexual a duas menores de 11 e 14 anos de idade no distrito de Mossuril. O réu condenado é padrasto das vítimas e, aproveitando -se da sua inocência, foi aliciando e ameaçando as menores, a ponto de as violar sexualmente em diversas ocasiões, até que em determinada situação a avó das crianças encontrou – o em flagrante com uma delas.

Raparigas formadas em segurança cibernética

23/11/2021 -

Maputo – Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (MCTES ), através da Direcção de Sistemas de Informação, Estudos e Projectos (DISIEP), em coordenação com o Centro Nacional de Biotecnologia e Biociências (CNBB),formaram recentemente mais de duzentas alunas de diferença instituições do ensino médico e técnico em matéria de segurança cibernética.

Mais de 150 raparigas desistiram do ensino este ano

16/11/2021 -

Na província de Nampula, a organização não – governamental, denominada OPHENTA (AMAR), promoveu um seminário de capacitação de raparigas e mulheres adultas sobre direitos humanos que visa, sobretudo, despertar este segmento sobre o respeito dos seus direitos e consciencialização sobre abusos sexuais, violência doméstica e outros. Nampula registou, desde Janeiro 156 desistências de raparigas no ensino, contra 141 notificados em igual período do ano passado. Entre os factores avança -se a pobreza, casamentos prematuros e hábitos socioculturais.

Homem engravida enteada de 14 anos

16/11/2021 -

Na província de Maputo, no bairro Nkobe, município da Matola, a Polícia da República de Moçambique (PRM), deteve um homem de 31 anos que violou sexualmente e engravidou a enteada, de 14 anos. Segundo Carmínia Leite, porta -voz no comando da província de Maputo, a denúncia foi feita pelo pai da vítima, tendo apurado que a adolescente foi vítima de abuso sexual várias vezes.

Revista de Imprensa

Pesquisa

Fontes

Mulher e Lei na África Austral - Moçambique