WLSA WLSA WLSA WLSA WLSA WLSA WLSA

As fotos no cabeçalho são
da autoria do CDFF 

Eventos

Campeonato de futebol:

“Unidos Contra a Violência Sexual”

Vamos falar de aborto!

(mesa redonda)

Mulheres Jovens sob Ataque (debate)

V Conferência Nacional da Rapariga

Marcha pela liberdade de expressão

Liberdade de Expressão

Marcha por Gilles Cistac

Marcha Gilles Sistac

Marcha pela igualdade

Marcha2014_left

Contra violação dos direitos humanos no Código Penal

Diganao2

Concurso de fotografia

Vencedores da 2ª edição

Concurso2_Fotografia3

Marcha pela paz

manifesto_sq

Desfile do 1º de Maio

1maio07_peq

DSR_small
Prémio da Rede de Defesa dos Direitos Sexuais e Reprodutivos 2012

Anúncio dos vencedores

Marcha de Solidariedade

Marcha02_small

Fotos da Marcha de Solidariedade dos Povos da SADC (2012)

Multimedia

Não é fácil ser mulher ...

naoehfacil_peq

... em Moçambique

Aborto. Pense nisso...

Aborto_small

(Material usado em acções de formação da WLSA)

Perigo de morte!

perigo_de_morte3

O aborto ilegal em Moçambique

Quem vai querer dar a luz aqui?

Fatima

O estado em que se encontram alguns dos postos de saúde em Cabo Delgado

"Alzira"

Alzira_small

Filme produzido pela WLSA Moçambique sobre sobre uma jovem que, até há pouco tempo, vivia com fístula obstétrica.

"Omitidas"

Brochura elaborada pela WLSA Moçambique sobre o problema da fístula obstétrica - um drama que atinge cerca de 100.000 mulheres em Moçambique.

Omitidas

Clique aqui para descarregar a brochura (em PDF)

Leia mais sobre fístula obstétrica

Contra a violência de género

Jogos05_small

A sociedade civil manifestou-se na inauguração dos X Jogos Africanos

Vovós acusadas de feiticeiras:

Nely_peq

Revista de Imprensa

Lista completa: 2652 recortes.

Dois indivíduos detidos por matarem as próprias mães

18/11/2014 -

Nas províncias de Tete e Cabo Delgado, dois cidadãos moçambicanos de 25 e 34 anos de idade, espancaram, de forma macabra, as suas progenitoras de 65 e 74 anos de idade, os motivos não específicados. Foram também detidos segundo o O porta-voz do Comando-Geral da Polícia da República de Moçambique (PRM), 1.912 pessoas, dos quais 1.779 por violação de fronteiras, e repatriados 26 moçambicanos, sendo 21 homens e cinco mulheres.

Tentou imolar a sobrinha: Vizinhos exigem justiça

14/11/2014 -

No município da Matola, quarteirão 8 do bairro de Muhalaze, dezenas dos morradores daquele urbe, manifestaram-se defronte da casa de um morador acusado de ter queimado a sua sobrinha com recurso ao combustível usado nos fogões “Ndzilo”, alegando que a jovem de 19 anos de idade, regressou à casa a meio da noite. Tendo-lhe sido negada a entrada pelo tio, a rapariga terá acabado por pedir acolhimento numa casa vizinha, e o sucedido aconteceu no dia seguinte quando a jovem teria regressado à casa com intenção de pedir desculpas ao tio, por ter chegado tarde à casa no dia anterior.

Ministério Público confirma tráfico de seres humanos em Nampula

11/11/2014 -

Na provincia de Nampula, o Ministério Público confirma três casos de tráfico de seres humanos este ano. Contudo, o maior constrangimento prende-se com a falta de cultura de denúncias de casos de suspeitas de tráfico de pessoas, por parte de algumas famílias, o que faz com que muitos casos de desaparecimento de crianças não sejam conhecidos.

FÍSTULAS OBSTÉTRICAS: Pesadelo que atormenta mulheres

07/11/2014 -

Autor: Langa, Jaime

Em Moçambique, o parto continua a constituir um grande risco segundo o cirurgião Osório Trigo, a fístula está ligada à pobreza, a longas distâncias e ao custo para chegar ao hospital. Também referiu que, devido os habitos e costumes, as mulheres demoram procurar ajuda médica, por um lado, por outro, está também ligado ao casamento, à gravidez prematura e à subordinação da mulher, uma vez que a decisão de ir ao hospital só é tomada pelo marido e pela sogra. Também indicou à estatistica feita pelo Ministério da Saúde, em que cem mil (100.000) mulheres moçambicanas sofrem de fístula. Menos de 300 são operadas a cada ano, e estima-se que anualmente apareçam 300 a 400 fístulas novas.

Revista de Imprensa

Pesquisa

Fontes

Mulher e Lei na África Austral - Moçambique